ARTIGOS E NOTÍCIAS

05/01/2021

COVID-19 ligado à baixa testosterona

COVID-19 ligado à baixa testosterona

Homens com COVID-19 parecem ter níveis de testosterona mais baixos do que homens sem a doença

 

A doença COVID-19 é causada pelo vírus SARS-CoV-2, que foi descoberto pela primeira vez na China em dezembro de 2019. O vírus se tornou uma pandemia mundial. Algumas pessoas com COVID-19 não apresentam sintomas, mas outras apresentam infecções respiratórias superiores leves a graves e podem, eventualmente, apresentar insuficiência orgânica.

 

O estudo envolveu três grupos de homens com idades entre 18 e 65 anos. O primeiro incluiu 89 homens que haviam sido diagnosticados com COVID-19. Pouco mais da metade desses homens teve casos leves. Cerca de um terço tinha doença do “tipo moderado” e 14% tinham casos graves.

 

O segundo grupo incluiu 30 homens com infecções do trato respiratório não relacionadas ao COVID-19. O terceiro grupo incluiu 143 homens que não tinham COVID-19 nem infecção do trato respiratório. A média geral de idade de todos os participantes foi de 50 anos.

 

Os pesquisadores examinaram os registros clínicos dos homens e conduziram testes de laboratório para determinar os níveis hormonais dos homens. Homens cujos níveis de testosterona estavam abaixo de 300 ng/dL foram considerados como tendo deficiência de testosterona.

 

 

Os resultados mostraram que os níveis de testosterona variaram significativamente entre os grupos:

 

O grupo de homens sem COVID-19 ou doença respiratória superior tinha um nível médio de testosterona de 332 ng/dL, acima do limite baixo de testosterona. Para os homens cujas infecções respiratórias não foram associadas ao COVID-19, o nível médio de testosterona foi de 289 ng/dL. Os homens no grupo COVID-19 tiveram um nível médio de 186 ng/dL.

 

A equipe de pesquisa investigou ainda como a gravidade da doença COVID-19 pode afetar os níveis de testosterona. Eles descobriram que os homens na categoria grave tinham níveis mais baixos do que os homens com casos leves e moderados. No entanto, “essa diferença não foi estatisticamente diferente”, disseram os autores.

 

Quatro homens com COVID-19 morreram durante o período do estudo. O nível médio de testosterona para esses homens era 116, abaixo do nível mediano do grupo.

 

 

Leia mais: Existem maneiras naturais de aumentar a testosterona?

 

 

Por que o SARS-CoV-2 pode ter esses efeitos na testosterona? É possível que o vírus possa danificar os testículos, as glândulas que produzem testosterona. Outros vírus, como HIV, caxumba e o vírus Zika, foram associados a uma produção mais baixa de testosterona, explicaram os autores. O SARS-CoV-2 pode se comportar de maneira semelhante.

 

Os autores notaram várias limitações. O estudo ocorreu em apenas um hospital e o sêmen masculino não foi analisado. Eles também apontaram que o estresse psicológico pode ter um impacto nos níveis de testosterona. A pesquisa mostrou que as taxas de ansiedade, preocupação e isolamento são altas em pacientes com COVID-19.

 

Os autores recomendaram que os profissionais de saúde monitorassem pacientes do sexo masculino com COVID-19 quanto a níveis baixos de testosterona e outras alterações hormonais.

 

Fonte: http://marciodantas.med.br/blog/3137/covid-19-ligado-a-baixa-testosterona

 

 

Leituras sugeridas:

Quais são os níveis normais de testosterona nos homens?

Exercício físico afeta os níveis de testosterona?

Existem maneiras naturais de aumentar a testosterona?

Saúde do Homem: Disfunção Erétil, Hipogonadismo e Diabetes Tipo 2

Níveis de testosterona diminuíram em homens mais jovens

Sono, Testosterona e Desejo Sexual